2558

Sítio do Quinto

Pular para o conteúdo
Prefeitura Municipal de
Sítio do Quinto

Secretaria de Agricultura, em parceria com o Senar Bahia, promove curso de Inseminação Artificial em Bovinos.

12/11/2022 às 11h51

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


De 7 a 11 de novembro, o Sistema FAEB/SENAR Bahia, em conjunto com a Secretaria Municipal de Agricultura, realizou o 1º curso de inseminação artificial em Bovinos em Sítio do Quinto. O treinamento ofereceu aulas teóricas e práticas sobre o assunto para produtores de bovinos de leite do município, visando o aumento da taxa de natalidade e promovendo melhoria do rebanho.

.

O objetivo do treinamento de inseminação artificial é capacitar o produtor rural no uso de técnicas adequadas na prática de inseminação artificial na bovinocultura. Além de oferecer conhecimento necessário para inseminar o rebanho, melhorando assim sua qualidade. O curso é importante para a região, formando produtores capazes de inovar e melhorar seu rebanho.

.

O Secretário de Agricultura, Fabrício Carvalho, esteve presente acompanhando a iniciativa. No primeiro dia, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Cipó, José Raimundo de Souza, também esteve presente representando o Senar da região. A Zootecnista e Mestre em Ciência Animal, Gilmara Miranda, foi a instrutora do curso.

.

Durante a ação, os alunos tiveram acesso ao conteúdo teórico nos primeiros dias do curso, abordando sobre os aspectos da inseminação e noções do aparelho reprodutivo. Eles também tiveram uma ideia de como identificar as vacas em cio, um pouco de manejo, sanidade e genética. Foi abordado também sobre melhoramento genético, montagem do equipamento de inseminação e manejo dos materiais nas aulas práticas.

.

Vale lembrar que a inseminação artificial é a biotecnologia de reprodução mais antiga e usada no mundo até hoje. A inseminação promove o melhoramento genético do rebanho em que o produtor pode utilizar até mesmo sêmen de touros dos EUA e do Canadá. Através da inseminação é possível evitar doenças reprodutivas como leptospirose, brucelose, tuberculose, diarreia viral bovina, entre outras.