2558

Prefeitura Municipal de Sítio do Quinto

Pular para o conteúdo

Força policial auxilia nas ações preventivas, dispersando aglomerações e fiscalizando comércios.

22/03/2020 às 13h35

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Não se assuste se escutar uma sirene policial quando estiver caminhando ou em meio a uma aglomeração na rua, mas saiba que o alerta é para voltar para casa. O conceito operacional de atuação da Polícia Militar de Sítio do Quinto mudou devido à doença covid-19 e a tropa está orientada pelo comando a sensibilizar as pessoas para ficar em suas residências. O contágio entre pessoas é a principal forma de disseminação do novo coronavírus, de acordo com infectologistas.

.

Obedecendo o comunicado, neste Domingo, 22, a polícia militar esteve em conjunto com a equipe da vigilância sanitária, atuando nas ruas do município, afim de manter o controle social, evitando aglomerações e fiscalizando os comércios locais. A partir de agora, as viaturas que não estiverem empenhadas em operações específicas ou em ocorrências deverão patrulhar as ruas do município, fiscalizando a atuação do comércio, mantendo fechados os comércios não-essenciais e orientando para que a população volte para suas moradias, reforçando o isolamento social e prevenindo o contágio da doença infecciosa.

.

A Secretaria de Saúde determinou neste sábado o fechamento de todas as atividades comerciais e a prestação de serviços privados não essenciais, à exceção de farmácias, postos de combustíveis, supermercados, padarias, frigoríficos e quitandas de hortifrúti. Os estabelecimentos comercias que poderão permanecer abertos deverão atender no máximo 5 pessoas por vez, respeitando o limite mínimo de 01 metro de distância entre si, observando-se as regras de higiene e prevenção definidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), com a oferta de álcool 70%.

.

Por enquanto, restaurantes, lanchonetes, pizzarias e similares podem funcionar internamente com serviço de entrega à domicílio. Bares, igrejas e demais comércios não essenciais, devem permanecer fechados, sobre pena de multa diária de R$ 1.000,00.