2558

Prefeitura Municipal de Sítio do Quinto

Pular para o conteúdo

2019 Apicultores de Sítio do Quinto participam de 2º Seminário de Apicultores (as) do Semiárido Baiano em Jeremoabo. (28/08)

27/09/2019 às 11h55

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Em mais uma ação que visa capacitar os apicultores de Sítio do Quinto, a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento esteve participando juntamente com os apicultores do município do 2º Seminário de Apicultores (as) do Semiárido Baiano. O importante evento ocorreu nesta terça-feira (27), das 9h às 13h, no Unyk Lounge e Eventos, em Jeremoabo/BA. O Seminário é uma ação conjunta entre a Cooperativa dos Apicultores e Meliponicultores e Agricultores Familiares Integrados do Sertao da Bahia (Cooperapis), Secretarias Municipais de Agricultura, Prefeituras, Sebrae, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Bahia) e Banco do Nordeste.

Reunindo apicultores do semiárido baiano, o seminário teve como objetivo capacitar os profissionais para que eles possam melhorar a produção de mel, bem como os seus resultados e investimentos financeiros. Durante a ação, os apicultores da região, bem como de Sítio do Quinto tiveram a oportunidade de assistir a três palestras: “Linhas de Crédito do BNB para a Apicultura”, ministrada por Ricardo Bering, Gerente do Pronaf; “Saúde das Abelhas”, ministrada pelo Dr. Carlos Alfredo Lopes de Carvalho, da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB); e “Manejo Produtivo de Apis Melífera”, ministrada pela Drª Lana Clarton, do Grupo Insecta da UGRB.

O apoio da Secretaria de Agricultura de Sítio do Quinto é de extrema importância para os criadores de abelhas, principalmente por já existir apicultores em Sítio do Quinto que fazem da produção mel sua principal atividade econômica, extraindo o sustento de suas famílias de forma ecológica e sustentável. E não é a primeira vez que ações de incentivo como essa são apoiadas ou realizadas pela Secretaria. O órgão vem adicionando incentivos a quem deseja conhecer e ampliar a renda familiar através da produção de mel, promovendo palestras, orientações, sugestões, além de suporte técnico através dos parceiros.